Condições de vida e saúde da área de abrangência da estratégia de saúde da família do município de São Luís, Maranhão

Autores

  • Carlos Leonardo Figueiredo Cunha Universidade Federal do Rio de Janeiro, Brasil
  • Emnielle Pinto Borges
  • Thaliane Maia Silva
  • Nila da Conceição Cardoso Ferreira

DOI:

https://doi.org/10.14295/jmphc.v3i2.143

Resumo

Os indicadores de saúde representam importantes ferramentas para o conhecimento das características da comunidade que a Estratégia de Saúde da Família (ESF) atua, bem como o planejamento de suas ações. O objetivo desse trabalho foi estudar a situação da população residente na área de abrangência do ESF no município de São Luís, no período de janeiro/2009 a outubro/2009. Trata-se de um estudo descritivo, com abordagem quantitativa. A coleta de dados teve como fonte de dados a série histórica do SIAB e o consolidado da Ficha A de cadastro das famílias. Observou-se que a maioria das famílias possui casa de tijolo/adobe (88,27%); os domicílios em sua maioria são abastecidos pela rede de água pública (71,64%) e consomem água filtrada (88,32%); a maior parte do destino do lixo doméstico (76,16%) é feito através da via pública; 66,03% das famílias utilizam a fossa como destino de fezes/urina e 98,02% possuem energia elétrica da rede pública. Houve prevalência do sexo feminino (53,23%), sendo que 96,05% das gestantes e 99,92% dos hipertensos estão na faixa etária superior a 15 anos e são acompanhados pela ESF. A identificação das condições de vida e saúde da ESF em São Luís apresenta indicadores epidemiológicos e operacionais bastante semelhantes quando comparados com várias regiões do Brasil, muito embora não representativos para a população geral do município de São Luís, pois somente 40% da população ludovicense é coberta pela ESF.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2013-01-06

Como Citar

1.
Cunha CLF, Borges EP, Silva TM, Ferreira N da CC. Condições de vida e saúde da área de abrangência da estratégia de saúde da família do município de São Luís, Maranhão. J Manag Prim Health Care [Internet]. 6º de janeiro de 2013 [citado 20º de setembro de 2021];3(2):84-90. Disponível em: https://jmphc.emnuvens.com.br/jmphc/article/view/143

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)