Genética: um fator de influência na formação da personalidade

Autores

  • Dayanne da SIlva Freitas
  • Lucian da Silva Viana
  • Carlos Leonardo Figueiredo Cunha Universidade Federal do Maranhão
  • Artenira da Silva e Silva
  • Mariela Andrea Medeiros Suarez

DOI:

https://doi.org/10.14295/jmphc.v3i1.114

Resumo

Objetiva-se analisar a genética como um fator de influência na formação da personalidade, dando enfoque na interação entre gene e ambiente, e o que revelam os estudos sobre esses e outros fatores. Realizou-se uma pesquisa sistemática em livros, dissertações e revistas eletrônicas, sobre a importância dos fatores genéticos no desenvolvimento da personalidade. Os resultados apontam que as predisposições genéticas podem levar as pessoas a realizar mudanças em seu ambiente, e o ambiente pode levar os genes a se tornarem atuantes ou não. Em vista disso, a maior parte dos psicólogos hoje em dia aceita uma visão interacionista, sugerindo que as influências genéticas e ambientais estão ligadas a determinação da forma final da personalidade. A personalidade de cada indivíduo representa assim, uma combinação regular de fatores genéticos e de experiências de vida. É necessária uma profunda reflexão quanto ao modo como esses e outros fatores interagem. Os estudos sobre a temática ainda não foram esgotados, mas esta é uma característica da ciência, e, é provável que os dados que estão em falta, continuem sendo inseridos à medida que as pesquisas avançarem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-06-08

Como Citar

1.
Freitas D da S, Viana L da S, Figueiredo Cunha CL, Silva A da S e, Suarez MAM. Genética: um fator de influência na formação da personalidade. J Manag Prim Health Care [Internet]. 8º de junho de 2012 [citado 20º de setembro de 2021];3(1):26-33. Disponível em: https://jmphc.emnuvens.com.br/jmphc/article/view/114

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)